Seguidores

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Como a empregada pode ser fundamental?

Uff!!! Como é possível a minha empregada ir hoje de férias e eu já ter saudades dela?

Foi uma semana que ela andou a mais de 100Km/h, para deixar tudo organizado incluindo algumas refeições.

Ela é uma bem disposta, ela encoraja-me muito, ela é organizada, ela "zanga-se" comigo quando me dou à preguiça para fazer os exercícios em casa, ela guia o meu carro, ela entusiasma-me para sair, ela adora ir comigo às compras de roupas, enfim, ela é um elemento fundamental no meu dia a dia.

Sei que terei o Vabenne para me ajudar, mas não é tão prático como ela.

São só 15 dias mas parece-me uma eternidade! Estou desejosa de a ouvir abrir outra vez a porta de entrada.

Sei que o Vabenne fará o seu melhor mas homens são homens e eu agora requero mais tempo para mim.

Mas também acho que não devo fazer disto um bicho de 7 cabeças: estaremos os dois mais próximo, o Vabenne irá fazer tudo para me proporcionar uns dias sem stress, teremos mais tempo para estar juntos e eu, com as minhas ganas e preocupação de não o "prender" muito irei dar mais de mim, e sem me aperceber colaborar mais na minha "indepêndencia".

Há males que vêm por bem e se Deus quiser este será um deles!

8 comentários:

Luz disse...

Minha amiga querida

Imagino que as duas vão sentir saudades.
Acredito no que você disse: há males que vem para o bem. Viu só como você sabe os caminhos e tem a "chave"?
Você é muito sábia minha amiga querida.
Você mora no meu coração.
Beijinhos carinhosos brasileiros

Dreamer disse...

E porque não vão os dois de férias?
Eu estive em casa da filhota, enquanto a minha foi de férias. Regresso hoje a casa, com a certeza de que a minha "dama de companhia" está lá para me dar toda a atenção. E já tinha saudades dela...

Bacouca disse...

Luz,
Acho que sou eu que vou sentir mais do que ela, hehehe!
Contudo a "chave" está em aproveitar mais a presença do Vabenne e ambos organizarmos o nosso dia a dia mais em conjunto, da melhor maneira.
Tudo irá correr bem!
Beijo e obrigado por esse vindo do Brasil!

Bacouca disse...

Dreamer,
Dantes faziamos isso mas este ano não dá. Fui-me muito abaixo e o sossego e as comodidades da casa são importantes para mim. Tenho que recuperar as forças fisícas que já tive, para ser um pouco mais autónoma. Fico contente pois o meu fisiatra nota-me melhorias.
Um beijo

Dulce Braga disse...

Tenho certeza que serão 15 dias em que desvendará energias hibernadas!
FORÇA Bacouca!
Bjs

Isa GT disse...

Desse mal não sofro... não tenho empregada e rezo para conseguir fazer as minhas coisas até à idade da minha avó que, aos 93 anos ainda tratava dela, fazia o comer... e não queria pessoas estranhas em casa ;)))
mas nos seus últimos 6 meses de vida, ela acamou e teve que ter empregada... suponho que foi o que mais lhe custou porque nunca perdeu a lucidez.
Na verdade eu até confesso que precisava de uma ajudinha mas... a minha carteira diz que não :D

Bjos

Bacouca disse...

Dulce,
Também espero que seja isso que aconteça! Quem sabe se eu, inconscientemente não vejo ali uma "muleta" e deixo-me mimar demais?
Espero que seja um "renascer" de força interior de que eu andava a precisar ultimamente.
Beijo

Bacouca disse...

Isa
Que consigas ser como a tua avó pois é uma felicidade. Dependermos de alguém para qualquer coisa não é nada fácil. Direi mesmo que é duro para quem foi sempre independente e tem pavor à dependência.
Por vezes as necessidades falam mais alto que a nossa carteira e quem me dera, apesar de gostar muito dela, não ter empregada 8horas por dia. Bastava-me somente para passar a ferro, hehehe!
Beijo