Seguidores

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

8 de Dezembro: dia da Mãe.

Para mim este é e será sempre o Dia da Mãe. Os meus filhos ficam baralhados pois dizem que cá em casa há 2 dias e por uma questão de dúvida, mandam-me um beijo especial em Maio e Dezembro.

O ano passado foi esquecido e este também. Compreendo, mas tenho pena que esta tradição se perca como tantas nesta sociedade.

Os meus filhos sempre fizeram isso mas mais uma vez sou forçada a lembrar-me com muita saudade quando o Afonso cá estava entre nós. Telefonava-me sempre dizendo: "Mãe hoje e em especial é o seu dia. São todos mas este adoptamos como efectivo aí em casa. Um beijo grande para si."

O bálsamo que estas simples frases eram para o meu coração! Só quem é Mãe sabe e sente como tal.

Mãe é um ser que se multiplica, se divide e soma pelos filhos. Nunca subtrai!

É quem proporciona a 1ª festa, o 1º beijo, o 1º abraço, o 1º dar de mão, o 1º sorriso, o 1º passo e que depois os acompanha ao longo da sua aprendizagem, do seu crescimento e que finalmente abre a "gaiola" para baterem as suas asas pelos caminhos da vida.

Não há missão mais completa que esta!

14 comentários:

Dreamer disse...

Também gosto mais deste dia como dia da Mãe. O de Maio foi copiado dos ingleses e americanos.

Anónimo disse...

Cá em casa o dia da mãe continua a ser este.
Que sorte que os teus filhos têm em ter uma mãe como tu. Beijos. Luisa M.

Ritália disse...

A mim quer-me pareçer que a filhota se lembrou, mas que ligou depois do post já estar escrito... E que a sra.d. mãezinha ficou de rectificar isto. Não o fez, paciência, faço eu!
Um beijinho especial por mais um dia 8 de Dezembro como mãe. Já lá vão 35!

Anónimo disse...

Mãe,
Estou como a Rita. Lembrei-me logo de manhã mas, como tive uma noite mais complicada com o Vasco e aproveitei o início de tarde para descançar, apenas falei com a Mãe ao final do dia. No entanto, lembro-me todos os dias da Mãe e tento falar diáriamente consigo.
Um beijinho grande
João

Anónimo disse...

Alguém me sabe dizer em que data deixou o dia da Mãe de se comemorar no dia 8 de Sezembro?

Anónimo disse...

Creio não conhecer a senhora, embora fosse muitas vezes ao "D.Kako".Nessa altura,não devia conhcer o Afonso, o que veio a suceder depois (também conheci o " fagundes" ).Comecei há pouco nas "andanças" do facebook,etc. Foi então que li(leio) o que a mãe do Afonso lhe escreve e... choro,choro... Desculpe,admiro-a e,embora fique com o "coração partido",não deixo de ler o que Lhe escreve.Também sofro,embora s/ ver 1 filho "partir"... Tenha FORÇA,D.Ana.Por mim,continuarei a fazer companhia aos dois,mesmo sentindo tanta dor na alma... Um abraço. Maria, uma mãe...

Lucia Luz disse...

Bacouquinha minha querida

Meu filho foi consagrado a Nossa Senhora nessa data.
Esse é um dia especial para mim também.
Minha amiga como mãe e como filha de uma mãe que perdeu uma filha lhe digo que te entendo.
Você sempre será a mãe e ele o filho. E ainda vão se encontrar. Creio na vida eterna.
Beijo amiga e vamos em frente .

Lucia

Isa GT disse...

Passo para te deixar um beijinho.

Lucia Luz disse...

Bacouca querida

Muitas saudades suas!!
Desejo a você e a sua família um natal iluminado e abençoado pelo menino Jesus.
Que seja um natal de paz e cheio da presença do menino Jesus.
Fique com Deus.
Com amor da amiga Lucia

GJ disse...

Bacouca, um grande abraço e desejos de um Natal em paz.

O Encapuçado disse...

Não importa o dia, não importa a data, são feriados impostos pelos homens, mas mais vale amarmos a nossa mãe do fundo da alma, e estarmos por perto quando nos necessitam...

Mãe do Afonso, já faltou mais para que a vida seja mais plena de amor e paz, esperemos por todos este ano que os dias mudem, as datas também, mas que o amor de mãe nunca acabe, eu penso que vim na missão de ser mãe, apenas mãe, amiga e por isso trago as entranhas cheias de amor para dar.
Sei que agora não pode ser, mas, gostava de ter tido mais filhos...

Um beijinho a ti minha querida bacouqinha, e que a força esteja no coração que dói e há-de doer sempre, mas será por pouco tempo..a vida vai mudar!

laura

laura disse...

como não me registei...la vem um blogue que tenho e nem uso...sorry..

Anónimo disse...

Estimada Senhora:

Cheguei agora ao seu blog e vi este post.
Também para a minha Mãe e eu o Dia da Mãe nunca deixou de ser a 8 de Dezembro, dia da Nossa Senhora da Conceição, Padroeira de Portugal.
Era uma tradição, que era só nossa, com tanto significado e lamento muito que tenham decidido mudar o dia para o primeiro domingo de Maio.
A mania de sermos iguais aos outros, neste caso aos espanhoís, e perdeu-se uma das mais bonitas e significativas datas portuguesas.
Eu mantenho a tradição e lembro-me que havia pessoas que enfeitavam a casa para o Natal nesse dia em homenagem às Mães.
Eu infelizmente não fui Mãe e nunca vou ouvir um filho chamar-me Mãe. É uma dor enorme.
Bem haja e muitos beijinhos!

Anónimo disse...

Estimada Senhora:

Cheguei agora ao seu blog e vi este post.
Também para a minha Mãe e eu o Dia da Mãe nunca deixou de ser a 8 de Dezembro, dia da Nossa Senhora da Conceição, Padroeira de Portugal.
Era uma tradição, que era só nossa, com tanto significado e lamento muito que tenham decidido mudar o dia para o primeiro domingo de Maio.
A mania de sermos iguais aos outros, neste caso aos espanhoís, e perdeu-se uma das mais bonitas e significativas datas portuguesas.
Eu mantenho a tradição e lembro-me que havia pessoas que enfeitavam a casa para o Natal nesse dia em homenagem às Mães.
Eu infelizmente não fui Mãe e nunca vou ouvir um filho chamar-me Mãe. É uma dor enorme.
Bem haja e muitos beijinhos!