Seguidores

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

AMI CUIDADO COM O CITIBANK!


Vou contar o que me aconteceu e digam lá se não vou ainda acabar assim?
O Citibank massacrou-me a cabeça para aderir ao seu cartão de débito, pelo qual não pagava anuidade e 2% das compras que fazia utilizando-o, seriam creditados numa conta da AMI.
Seria o meu pequenino contributo para uma causa que admiro bastante e por isso aceitei.
Como todos os cartões têm um prazo para liquidação e eu religiosamente, liquido-o no último dia (2% já estão na AMI e eu prefiro que o dinheiro esteja do meu lado até ao permitido do que do lado de uns senhores de casaco e gravata e com cifrões na "menina do olho").
Todos os meses que tenho que liquidar acontece o seguinte: no dia imediatamente a seguir à sua liquidação (que foi efectuada), começo a receber 5, 6 7 ou mais chamadas confidenciais. Não gosto de números confidenciais mas um dia atendi. Uma menina de voz e discurso esteriotipado avisando-me que estava em falta o pagamento.
Perdi a cabeça, chamei-os de incompetentes, de instituição de vão de escada e que o dinheiro que gastavam a avisar as pessoas que estavam em falta quando tinham pago, deveriam tambêm reverte-lo para a AMI. Resposta: só temos acesso a essa informação 48 horas depois da data de liquidação. Por favor não brinquem metendo uma instituição séria no vosso engodo porque eu começo a pensar seriamente em vos devolver o cartão!!! A ganância é tanta que não conseguem "aguentar" as 48 horas e depois então contactar os faltosos?
E ainda por cima são mentirosos pois contei isto a uma amiga minha e ela relata-me a sua peripécia: atrasou-se um dia da data limite e no extrato seguinte vinha debitado 25 euros por dívida mais 15 euros de despesas. Isto para uma compra no valor de 70 euros!!! Aí não tiveram a informação 48 horas depois...
Deixar roubar é solução ou será melhor fazer como os nossos bisavós: dinheiro debaixo do colchão? E ainda por cima quem tenha algum eleva a extremidade da cama o que só faz bem à circulação...sanguínea!!!

2 comentários:

Lisa Nunes disse...

Bacouca
as vezes tenho vontade de guardar o dinheiro em casa,como faziam nossos avós! No banco temos o rendimento mas também temos taxas e juros, o que pouco compensa, a única coisa que é arriscado em casa é falta de segurança.. e para isso não existe seguro!!!
Um abraço
Lisa

bacouca disse...

Lisa,
Eu sei mas olha que aqui em Portugal onde se descobriu que havia bancos que usurparam o dinheiro de clientes e ficaram sem nada...que venha o diabo escolha!
Beijo