Seguidores

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

COMO SE COMPLETA UM PUZZLE?

A vida para mim, é como um puzzle. Encontrei no decorrer da mesma, peças que fui juntando. Eu tive a felicidade de encontrar sem muito procurar e elas foram-se encaixando, e formando algo bonito, colorido e harmonioso.

Posso dizer, sem sentimento de culpa, que me tornei numa pessoa optimista, positiva, alegre.
Contudo e talvez para eu não pensar que seria sempre assim, Alguém escondeu-me uma "peça".

Uma peça que já lá esteve, e que tanta falta faz para que prossiga este puzzle. Sinto-me naquela fase de desorientação, de procurar desesperadamente por algo que preencha esse espaço deixado em aberto,mas nada consegue sossegar o meu sentimento de perda.

Tenho que desistir de continuar nesta busca incessante pois sei que ela está bem guardada e quanto menos eu me atormentar mais facilmente encontrarei maneira de preencher o seu espaço!

Esse Alguém teria um designio para essa peça, e quando me encontrar com Ele, ou até antes, me dirá ou dará algum sinal?

Vou tentar, com todas as minhas forças, aceitar mesmo que isso me dê a sensação de descontinuidade e vontade, por vezes, de ficar perdidamente, a pensar se o puzzle, é para dar continuidade.

Tenho que pensar que sim...

4 comentários:

Laura disse...

Minha querida, a peça do Puzzle que está escondida, tiveste-a nas mãos, mas ela está algures pela forma pensamento que Deus pai tem, agora será apenas em forma pensamento que a encontrarás, mas um dia ninguém garante que não vais ter de novo a peça que sentes perdida, ela está numa outra dimensão, onde nada lhe falta e o Amor do Pai o ajudará a sentir-se bem,assim como a ti, um dia mais para a frente, porque a dor e a lembrança nunca se apagam, apenas sossegam cá dentro, e nos tornam a vida um pouco melhor!
Se tu te sentes assim com a perda do teu querido filho, eu senti-me perdida com a falta do meu querido pai, mas já foi há quase 19 anos, e, cá dentro sinto-o, sinto que nos continuamos a amar, como assim será eternamente.

Envolvo-te no meu caloroso abraço..

laura

bacouca disse...

Laura,
Minha querida, as tuas palavras são sempre muito reconfortantes. Eu estou tentando, com todas as minhas forças, conseguir com tempo mas também com o pensamento focalizado no facto de que ele está bem, minimizar as saudades e esta dor que me deixa um grande vazio e um aperto inexplicável no coração. Preciso de sentir paz! Nos 1ºs dias toda a gente, incluindo os amigos do meu filho ficaram admirados pela minha coragem, pela tranquilidade com que falava dele, pela força que lhes transmitia, mas agora estou-me a ir abaixo. Não pode ser! Que Deus me fortaleça!
Bem haja.
Vou responder ao post anterior.
Um beijo muito reconhecido.

Dreamer disse...

No puzzle a que falta uma peça (só uma?) podemos imaginar como fica ou ficava. Ela está lá, bem guardada no seu coração, por isso não se perdeu. É claro que se deve continuar a fazer o puzzle, porque ele não é só nosso: é de toda a família!

bacouca disse...

Dreamer,
O puzzle vai continuar! Como diz ele é pretença de toda a família que também me ajudaram a construir e a procurar as peças que se foram encaixando e continuam, a meu lado.
Um grande beijo