Seguidores

sábado, 10 de abril de 2010

FAGUNDES


Meu querido amigo e companheiro Fagundes! Hoje fazes 14 anos. Uma idade proventa para um cão de água, segundo o teu veterinário!

Penso que nunca te irás aperceber da companhia que me fazes. E eu devo confessar que não sei como um dia irei passar sem ti.

Vieste para cá com 3 meses e a partir daí tens convivido com os bons e menos agradáveis momentos da nossa família. Tens acompanhado as alegrias e tristezas, as partidas e as chegadas, as mortes e nascimento de elementos que conheces, sempre com o teu ar meigo.

Quando mais novo eras muito brincalhão e alegre, mas a idade foi-te tornando mais calmo, sereno e até snob! Sei que tens um óptimo pedigree e o susto que apanhei quando andavam à procura de um familiar teu para ir para os E.U.A.! Até escrevi, em ar de desabafo, no meu post de 11 de Fevereiro de 2009.

Sabes perfeitamente quem, cá em casa, precisa mais da tua companhia! Por mais tempo que estejam fora, recebes os meus filhos como só tivessem partido na véspera.

Estamos os dois a ficar velhotes, é verdade, mas quando eu cai no jardim à noite e não me conseguia levantar, tu com o teu focinho tudo fizeste para me dar impulso para eu me pôr de pé e depois de muita insistência e sem me abandonar, chamaste o Vabenne com um tom determinado.

Meu querido Fagundes, peço-te que fiques comigo o mais tempo que puderes.

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Adorei conhecer o Fagundes e desejo-lhe longa vida.

bacouca disse...

Carlos,
Eu acho que ele até fala! Quem me dera que viva muitos mais anos mas no cão de água português a média é 10.
Beijo