Seguidores

sábado, 6 de agosto de 2011

Solidão


> > Solidão - Francisco Buarque de Holanda


> > Solidão não é a falta de gente para conversar,
> > namorar, passear ou fazer sexo.....
> > isto é carência.
...> >
> > Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de
> > entes queridos
> > que não podem mais voltar.....
> > isto é saudade.
> >> >
> > Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe,
> > às vezes, para realinhar os pensamentos.....
> > isto é equilíbrio.
> >
> > Solidão não é o claustro involuntário
> > que o destino nos impõe compulsoriamente
> > para que revejamos a nossa vida.....
> > isto é um princípio da natureza.
> >
> > Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado.....
> > isto é circunstância.
> >
> > Solidão é muito mais do que isto.
> > Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos
> > e procuramos em vão pela nossa alma .....

E é isso que eu começo a sentir mas tenho que combater com todas as minhas forças...

6 comentários:

Dreamer disse...

Diz bem, Bacouca. Também eu tento combater com todas as forças, mas... às vezes não dá. A virtude está em cair e levantar de novo.

Laura disse...

Pois é minha querida Bacouqinha, solidão não é estar só, solidão é aquele vazio que a vida por vezes nos deixa, mesmo estando acompanhadas, dói...dói sim.

Lutar é preciso, fazer uma revoada de novos pensamentos, para que os que magoam, fiquem um pouquinho esquecidos, adormecidos e um dia mais tarde, noutra altura da vida, quando já não doer tanto assim, a gente volta a arranjar espaço para eles no coração...
Não é esquecer, é tentar substituir para aguentar a vida...porque uma depressão não ajuda, antes pelo contrário, deita toda a família abaixo...

Um grande e apertadinho abraço.

laura

Bacouca disse...

dreamer,
Temos que estar sempre dar "cambalhotas" e quem cair, mesmo com muito esforço tem que se levantar. Por vezes falta-nos a alma, a força anímica mas temos que a encontrar no mais recôndido de nós próprios. Mas é esse o motor de tudo!.
Beijo

Bacouca disse...

Laura,
Lutar, lutar sempre! Tive momentos e muitos da vida que eu não sabia o que isso era, tudo vinha ter comigo tranquilo, feliz.
Depois a vida dá uma reviravolta e agrava-se o estado físico e psíquico. E é isto a falta de alma que temos que combater com todas as "garras". Porque senão é um círculo vicioso. E eu quero combate-lo!
Beijo

GJ disse...

A vida é feita disso mesmo. Altos e baixos, uns melhores outros fracamente maus e dolorosos. Mas sempre com fé e esperança.
Bj

Bacouca disse...

GJ
Eu sei, por experiência, que a vida é feita com altos e baixos e ultimamente por momentos muito dolorosos mas o pior é quando passamos a barreira que nos tira a fé e a esperança e isso para mim, é o perder a alma. É um vazio que se instala e vem de dentro de nós e por mais que queiramos só voltará quando voltar.
Beijo