Seguidores

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

FARTA VILANAGEM...

Infelizmente intitularam " Manual do Charlatão". Vai ter um sucesso de vendas pois 1/3 dos portuguas ainda quer aprender a roubar mais.

Digo que é 1/3 porque os outros 2/3 estão já há muito a ser roubados e agora é que se aperceberam da gravidade da situação.

Infelizmente é o " Manual do Charlatão" pois, para mim, seria mais correcto ser: "Manual do Mentiroso Compulsivo".

O artista acredita cegamente naquilo que diz! É que não há outra explicação depois de ter ouvido a conversa que teve com a Judite de Sousa.

O charlatão, vende a banha da cobra mas sabe que aquilo não cura, não resolve os problemas não faz milagres.

O mentiroso compulsivo acredita piamente naquilo que a sua imaginação produz e com um ar mais sereno, piedoso, quer passar a sua mensagem: quer que todos acreditem no seu imaginário.

Será defeito que herdou por ser filho da mãe? (do pai nunca ouvi falar...).

Estando à venda há muito pouco tempo já há amigalhaços que fazem a sua propaganda dizendo: aos 1ºs compradores deste "best seller",faz-se um bonús: vende-se um "manual" pelo preço de dois!

Dizem-me que normalmente dormem descansados e felizes mas, neste caso, tratando-se de um P.M., eu direi com toda a convicção: basta desta farta vilanagem!!!

4 comentários:

Laura disse...

E quem te vai ouvir ó miúda de Viana? Alguém se importa com isso? o Povo sofre mas não arregaça as mangas. Só quando começarem a atirar a matar e a escaldar a gente é que vão ver que sem luta não chegamos a lado nenhum, eles embrulham desembrulham e quando corre mal, consulte-se o povo..pois é...

Um beijinho da laura

Luísa disse...

É a primeira vez, Bacouca, que pressinto a existência de um transtorno psíquico real num governante. Os sintomas positivos da esquizofrenia estão ali todos… É muito preocupante.

bacouca disse...

Laura,
Veremos quando começar a pesar nas carteiras, ou melhor, porta moedas, com o aumento do IVA. dos bens essenciais, do corte nos abonos e ordenados. Aí sim é a prova de fogo!
Beijo

bacouca disse...

Luisa,
Eu confesso que tive pudor em usar esse termo. Conheço esquizofrénicos e bipolares que tratados andam controlados.
Agora este é compulsivo! E isto está a tomar laivos de impudor. Então o sr Almeida Santos não acha que se os políticos sofrem ao povo também chegou a sua hora? Mas onde é que vamos parar com tanto surrealismo?...
Beijo