Seguidores

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

MÃE E AVÓ QUÊ?... GALINHA???!!!

Mais uma vez o ninho vazio! Uma semana com a casa cheia, e agora o ritmo cronometrado pelos passos da Fernanda, pela entrada e saída do Vabenne, pelas horas que dispenso ao computador, à leitura, à música e por vezes, um encontro com amigas.

Uma semana, em que nem me apercebia deste ritmo pois a minha atenção estava focalizada nas conversas com os meus filhos (a Sara sabe que não gosto nada da palavra sogra...),dos programas organizados conforme a vontade, as refeições com reboliço, as saídas de bicicleta, o abrir e fechar das portas e portão!

E ainda por cima, ter todo o tempo do mundo para partilhar todos os momentos com o meu neto! A avó sente saudades dos filhos mas do neto sente o coração mesmo muito apertado...

Há uma frase do Mia Couto que acho que define muito bem este estado:"sendo metade de mim a partir, eu sofria pelo dobro".

Vou deixar as "emoções" resfriarem um pouco e depois descrevo esses momentos passados com ele. Como é possível haver tanta "telepatia" e numa troca de olhares e expressões tanto transmitirem duas pessoas não esquecendo que uma tem 11 meses e a outra 672 meses?!!!

Julgo não ser uma avó galinha mas que o Vasquota é especial é......



6 comentários:

Anónimo disse...

O Vascota é muito especial. O nosso primeiro filho e o primeiro neto dos pais. Mas para um neto tão especial, só mesmo uma avó especial. Uma avó com uma vontade de viver única, uma força de vontade excepcional, um humanismo exemplar, uma sensibilidade ímpar...
João

bacouca disse...

Meu querido,
Não tenho palavras...
Mas como sabe, a Mãe esconde a comoção com o humor e não resisto dizer: mãe e avó galinha e filho? Filho galo míope!
Tadoro
Mil beijos.

Laura disse...

Ah, o amor não se mede, sente-se, e nesses olhares vai a ternura que preencherá os momentos solitários..Nunca estarás só querida bacouca...esse nino deve ser um doce...
Os meus pais foram avós como hoje não se vê, assim, deves ser como eles..
Um xi apertadinho da laura e deixa lá, em breve estará aí de novo...

bacouca disse...

Laura,
É realmente um "doce" e preenche tanto a minha vida! Felizmente que vem cá com frequência.
Um beijo

Victor disse...

Bequinhas.
Vóvó babada é fogo......hehehehe. Conheço várias, e são todas umas queridas. Angolanas lindas como tu. Fico muito feliz por ti e também por já utilizares termos meus........TADORO.....
V.Chaby

bacouca disse...

Vitinho
É mesmo, avó babada ainda fica mais bonita pois seu coração e olhos é só felicidade!
Eu adoro os teus termos porque acho muito ternurentos e por isso uso.
Tadoro!!!

Não consigo aceder ao teu blogue. Não tens?