Seguidores

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

MOMENTOS

"Numa noite normal com o passado largado da memória, um homem reencontra, no lugar a que chama casa, lembranças de um tempo que viveu. Fragmentos de pura felicidade e instantes de sublime partilha, surgem como apontamentos de esperança de um presente que não voltará a ser o mesmo."




Agradeço ao realizador Nuno Rocha esta curta metragem.
Dedico-a a todos aqueles que conheço (amigos e desconhecidos) como mensagem de esperança de que é sempre possível "começar".

2 comentários:

Isa GT disse...

Recomeçar e sempre possível, mas em determinadas situações, é realmente preciso... quem dê uma ajudinha.

Bjos

bacouca disse...

Isa,
Sim sem uma ajuda por vezes é muito difícil. Temos é que estar atentos e agir naquilo que podemos e por vezes com esta sociedade individualista isso não acontece. As pessoas não estão para ter chatices...
Beijo