Seguidores

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

MÃE GALINHA???.....

Mãe galinha então?
Porquê essas lágrimas?

Será natural que estando habituada a tantas chegadas e partidas fique sempre assim?

Foi um fim de semana aproveitado ao máximo, mas depois a sensação do ninho vazio é que me custa a habituar...Chamem-me tonta mas eu serei sempre assim e notei que o Vabenne já demonstra como eu...

Deixam os cheiros de cada um nos quartos, alguma peça esquecida, e acima de tudo a falta das suas presenças.

- O acordar, logo de manhã cedo,com o Vabenne dizendo baixinho: Vasquota vamos acordar a Avó? Abrir os olhos e nem me interessar se chove ou está sol, pois o sorriso de alegria do meu neto enche o quarto!
- O tomarmos juntos e com calma, o pequeno almoço.
- O programar o dia pois cada um dá uma sugestão ou precisa de fazer algo.
- O estar sentada, a escutar e a observar o silêncio de algum enquando à volta se trocam conversas.
- O juntar opiniões acerca de alguns sítios que fomos ver para o casamento da Rita.
- O falar com a Sara acerca de qualquer assunto relacionado com o primogénito.
- O ouvir algum a contar os seus projectos.
- O trocar ideias com outro sobre como poderá e deverá actuar.
- O olhar o Vabenne deliciado com o seu neto, brincando e ao mesmo tempo ensinando.
- O observar o Vasquota e notar que ele consegue comunicar, rir, imitar e acompanhar.

E o mais importante:

- O ver que somos uma família feliz e unida e que todos somos por todos!!!

2 comentários:

Isa GT disse...

Ser mãe galinha, não é escolha, está ou não, no ADN ;)

Bjos

bacouca disse...

Isa GT,
Claro que está no ADN!
Beijo